bookmark bookmark  
Glenda DiMuro On May - 3 - 2009

O passeio de cavalos é uma das atrações mais lindas da Feria de Abril. A partir do meio-dia e até as oito horas da noite as ruas do Recinto Ferial lotam de carruagens, cavaleiros e amazonas que desfilam livremente e convertem a Feria num verdadeiro espetáculo. É uma alternativa para deslocar-se pelo Recinto (já que qualquer outro veículo está proibido), mas o objetivo maior é “mostrar-se”, já que quem tem um cavalo ou uma carruagem são as pessoas com maior “status” social. Também existem carruagens “públicas” que fazem a função de taxi. Mesmo assim, o passeio não é para qualquer mortal, já que o preço que se cobra por uma voltinha é bastante caro.

É tudo muito regulado e existem muitas normas. O acesso ao Recinto Ferial é limitado aos veículos cadastrados. Junto à Portada há uma espécie de “aduana”, ou seja, um fiscal confere as placas de quem entra e quem sai da feria. Todos devem seguir uma espécie de circuito, que marca o sentido de circulação das ruas. Recentemente a Prefeitura limitou o número de acesso das carruagens à Feria, permitindo a entrada ao recinto para as placas pares e impares em dias distintos. Para manter a segurança dos pedestres e o fluxo, se estabelece um número máximo de veículos de tração animal particulares (700) que poderão aceder ao recinto durante o horário do passeio de cavalos.

As carruagens devem ser sempre conduzidas por um ou dois cocheiros maiores de idade. Quando os engates possuam três ou mais cavalos, obrigatoriamente o cocheiro deverá levar um acompanhante. Não se permite um cavaleiro/amazona que não esteja vestido de forma tradicional: homens com traje curto e com chapéu de aba larga e mulheres com o traje de amazonas (com calças ou saia) e também com o mesmo chapéu, ainda que também possam vestir o traje de flamenca. Os cocheiros e inclusive qualquer ajudante, também devem estar vestidos a rigor, dependendo do “estilo” ou “luxo” da carruagem que estão conduzindo.

A variedade de veículos é grande: cores, número de cavalos, quantidade de cocheiros… Também se permite que mulas puxem as carruagens. Mas são todos igualmente espetaculares, cada um a sua maneira. Os cavalos são muito bem cuidados e lindos! Veterinários inspecionam o estado físico dos animais, que devem estar em dia com o controle sanitário.

Vale muito a pena ir à Feria durante o dia e apreciar esse peculiar “paseo de caballos”.

Categories: sevilla

2 comentários

  1. Pelo jeito devem ser as mesmas carruagens turísticas que percorrem a cidade fora da época da Feria. Já que o elitismo chega até esse ponto, agora é que eu farei de tudo para andar numa dessas carruagens no último dia de nossa viagem a Sevilha.

  1. […] Quer saber mais sobre a Feria de Abril de Sevilla? Clique no tema que lhe interessa: Comidas&Bebida – Trajes Típicos – Casetas – Bailes – Diversão – Passeio de Cavalos […]

Deixe o seu comentário

Glenda Dimuro