bookmark bookmark  
Glenda DiMuro On November - 18 - 2010

O papo é de hoje é de Luluzinhas. Lo siento leitores do sexo frágil, mas a conversa é com ELAS.

Desde que vim morar na Espanha, eu nunca mais me depilei… em uma depiladora profissional, eu digo (pensou que eu tinha virado macaca, é?).

Vim cheia de dúvidas, como a maioria das mulheres que começam a empreitada de morar fora do Brasil: e agora, onde me depilar? Lá tem cera? E roll-on? Quanto custa? E tinha ainda que lidar com aquele mito de que europeia não se depila e tem cabelo no sovaco… PQP!

O detalhe é que eu era, como a grande maioria das mulheres brasileiras, uma analfabeta no quesito “cuidado com beleza”. Nunca tinha tirado uma cutícula, esquentado uma cera ou feito uma sobrancelha com as minhas próprias mãos – no máximo conseguia passar uma acetona e uma basezinha. Sempre deixei tudo isso nas mãos das profissionais e, portanto, todas essas minhas preocupações tinham um sério fundamento.

Por via das dúvidas, comprei um aparelhinho de roll on e os apetrechos para utilizá-lo (incluindo cera, bandas, óleos e tudo mais), um alicate, lixas de unhas, vários esmaltes (e aquele monte de coisas que as manicures têm em cima da mesa). Trouxe tudo isso numa das minhas duas malas de 32kg, cheias de coisas mega importantes para minha sobrevivência. Como eu iria utilizá-los, eram outros 500.

Chegando aqui descobri que a mulherada também se depila…ohhhh… e que o mito da cabeleira seguramente é coisa do passado (bom, pelo menos o do sovaco e pernas é, a virilha eu não tenho conhecimento de causa e a olho nu não se nota nenhuma mata fora do lugar). Usam cera e roll on, mas a moda é a depilação definitiva, que fazem em qualquer esquina. Detalhe: os homens também de depilam! Juro, tá cheio de homem com perna e peito liso por aqui (deve ter quem goste, né?). A curiosidade fica por conta da depilação “brasileira” que elas fazem por aqui. Dizem que é uma virilha mais “cavadinha”…me poupe!

As unhas já são outro esquema. As espanholas não fazem a unha toda semana, normalmente só em ocasiões especiais (como no dia do seu casamento). É uma lixadinha, e só. As mais atrevidas pintam (principalmente as unhas dos pés no verão) e as super atrevidas ainda colocam aquelas unhas de porcelana, que duram semanas e são enoooormes. Mas são exceções.

Confesso que penei no início. Cuidar da beleza por estes lados lhe deixa mais bonita, mas acaba com seu bolso. Por exemplo: depilar perna e virilha custa entre 30 e 40€, e fazer pé e mão sai mais ou menos uns 25€. Os valores variam muito mas com certeza não têm nada que ver com a miséria que cobram as manicures e depiladoras brasileiras. Infelizmente, meu orçamento de estudante nunca me permitiu tal luxo.

E o pior, quem já foi a salões aqui, disse que jogou dinheiro no lixo, pois as manicures não tiram as cutículas direito (a maioria só dá uma empurradinha) e a depilação não fica lá grandes coisas.

Solução: do it yourself! Hoje em dia me depilo (incluindo aquelas partes menos acessíveis) so-zi-nha! No verão faço os pés toda a semana e, sempre que sobra um tempo&paciência, faço as unhas das mãos também (como aqui quase ninguém faz, não dá nada sair por ai com as unhas mais ou menos, ninguém repara).

E o melhor de tudo é que também encontrei os apetrechos para o roll on bem baratinhos, ou seja, não vale nem a pena trazer do Brasil. Aqui também tem uma cera de microondas perfeita para a virilha e axila! Só os esmaltes que são super caros… isso sim vale a pena trazer na mala!

Quem não tem cão, caça com gato! O negócio é improvisar e adaptar-se às circunstâncias. E eu estou orgulhosa de mim mesma!

Categories: Espanha

18 comentários

  1. karine smith says:

    Olha, te confesso que mesmo pagando os olhos da cara sempre preferi pagar as brasileiras que aqui moram para fazer unha e depilação, mas com a falta de profissionalismo das mesmas acabei metendo eu mesma a mão na massa e me virar, não virei profissa, mas dá pro gasto…

    • sandra says:

      Ola, meu nome é Sandra brasileira manicure a mais de 10 anos e garanto meu serviço. Agilidade e profissionalismo.
      Sempre trabalhei muito dia e noite amo minha profissao
      Sou responsavel, meu trabalho é minha vida
      Depiladora
      Designer de sobrancelhas
      Penteados
      Maquiagem
      Pretendo morar na Espanha até o final do ano
      Vou precisar de um lugar para trabalhar
      Se puderem add meu email
      Passarei todas informações ao meu respeito
      Obrigado gurias
      Beijos

  2. Branca says:

    …ok, isso foi super-útil. Essa é com certeza uma das maiores dúvidas que eu tinha, que me fazia refletir pesadamente sobre como me depilaria na Espanha, quando eu embarcasse para aí…

    Valeu pela dica!

  3. mirelle says:

    ha um tempinho descobri tb que se depilar na frança é igualzinho no brasil. eu tive que lidar com o medo por quase um ano e me sinto aliviada por ter me livrado diss! ja tenho ate post pronto sobre o assunto, mas fiquei com vergonha de publicar! hahahahahaha

    agora, vc me estimulou, vou aproveitar e falar das unhas tb pq aqui é um fracasso. vira e mexe recebo email de brasileiras perguntando como faço p me virar nesses setores aqui na frabàa!!

    boa, glenda!

  4. Thais says:

    Glenda,

    Quando eu cheguei tinha os mesmos problemas. E o pior nao fazia ideia de como se chamavam esses serviços rsrs Então tinha vergonha até de entrar para perguntar. Minha solução foi comprar uma depiladora, daquelas que tira pela raiz. Doeu muito a primeira vez, mas me apaixonei e queria usar sempre. É pq se deixou crescer muito volta a doer rsrs. Quanto a unha ainda estou aprendendo a fazer, mas um dia chego la. beijos

    • glenda.dimuro says:

      Hahaha…Thais, quando li o “queria depilar sempre”, achei graça. Depois que comecei a me depilar sozinha, meio que virei a maníaca da cera…quando mal tá crescendo já vou logo depilando! Virou um vicio!

      Karine: uma amiga brasileira até depila, mas mora longe e cobra os mesmos preços.

      Branca: vira e mexe alguém me pergunta sobre isso. Não sei como não tive feito um post antes!

      Mi: E eu que pensava que as francesas eram as rainhas do cabelo no sovaco…hahaha…conta logo como é!

  5. Sônia says:

    Oi Glenda

    nossa que interessante eu já estou fazendo isso aqui no Brasil pra treinar, menina não é fácil mas nada que agente não possa fazer.Já ouvi todas essas estórias ai em cima hahaha.Estou indo pra Irlanda em janeiro.

    Abs
    Sônia

    p.s sigo o blog do Ernani e da Ju e lá tinha visto teus comentários dai resolvi conhecer o teu blog.

  6. Line says:

    Ah, eu também aprendi a fazer muita coisa sozinha por aqui! Só o pixaim é que continua precisando de cuidados profissionais e, vou ser sincera, tenho gasto muito com ele, rsrs, mais do que deveria.
    As unhas dos pés e das mãos eu sempre soube fazer, não fazia por comodismo mesmo, achava mais fácil e mais barato ir a um salão do qur perder horas fazendo a unha, e de quebra ganhando uma dor nas costas no outro dia. Mas depilação com cera nunca tive coragem de fazer aqui, rs, ainda mais depois que ouvi a história da minha colega de trabalho italiana que se foi se depilar, e acabaram arrancando uma lasca das partes baixas dela, coitada, rs.
    Ótimo fim de semana!

  7. Oi glenda! mt legal o post! ri mt!! ahuiahaaa eu ainda tenho uma dúvida muito séria: é sobre cabelo! cortar, pintar, alisar, como faz?! no Rio eu fazia escova inteligente a cada três meses, mas aqui não sabia como explicar então asumi os cachinhos mesmo. Logo que cheguei cortei o cabelo, mas confesso que fui com medo pro salão!! mas ele era todo ajeitadinho, com site e tudo, metido a alternativo, então tomei coragem e o restultado ficou satisfatório.

    beijos!

    • glenda.dimuro says:

      Oi Luísa! Realmente em termos de alisamentos acho que os cabelereiros brasileiros estão bem mais avançados! Até mesmo porque aqui todo mundo assume seus cachos e não tem nenhum problema com eles…aliás, eu acho lindo os cabelos crespos quando bem cuidados! Mas eu adoro os cortes daqui, são bem mais ousados… no Brasil é todo mundo igual, cabelo liso, escorrido e comprido!

  8. marina says:

    ai gente, é muita coragem fazer a própria virilha!

  9. Carol says:

    Por acaso estou indo morar em Madrid no mês que vem e estava desesperada atrás de alguém que me informasse valores e onde fazer esse tipo de coisa, se valia a pena levar algum aparelho daqui, enfim…
    Mulher é triste, estava muito mais preocupada com isso do que com qualquer outra possível dificuldade de adaptação.

    Beijos.

  10. Samuel Brandao says:

    ahh e desculpe invadir o assunto pra gruia ae auehueah

  11. Jacqueline Melo says:

    Olaa Glenda!
    Eu encontrei o teu blog esta semana enquanto pesquisava coisas sobre Sevilla e desde então tenho vindo visita-lo todos os dias!
    Eu sou brasileira mas vivo em Lisboa, sou estudante do 11º ano (equivalente ao 2º ano do ensino médio no Brasil, salvo o erro) e pretendo fazer faculdade de arquitectura aí, não pretendo ir sozinha, mas sempre é um desafio sair da casa da mãe 😛
    Enfim eu e o meu amigo, que pretende ir comigo, temos ainda muitas dúvidas e não sabemos bem por onde começar, então gostava de saber se você podia me dar algumas dicas de como começar e coisas assim,eu ficaria muito agradecida. 🙂
    Deixo aqui o meu e-mail jacky.caroline@hotmail.com
    Desde já obrigada. 🙂

  12. OI Glenda,bom,eu estava lendo o drama de vcs para fazerem as coisas ai…
    Pois bem,seus problemas acabaram,sou manicure…
    Exerso esse cargo des de 13 anos de idade hoje tenho 20,eu cutilo e fasso desenhos de todo tipo!!!
    O melhor estou indo para Espanha,é a primeira vez que saio do Brasil,nao sei se vou ter sorte lá como manicure,mas quando eu xegar la irei por meu tel de contato para vcs…
    Ja sabem se presisar de uma amiga,eu fasso unha,cabelo,sombrancelha e inrrolo um pouco na depilaçao…
    De uma Brasileira bimbriu 1001 utilidades,para vcs!!!
    Bjs!!!

  13. Catt says:

    Olá realmente esse seu texto é maravilhoso!!!

    Acho que ele deveria ser transformado em um folheto informativo que as pessoas recebem ao comprar suas passagens aéreas!!rsrs

    bjoS

  14. Oi Glenda, ia mesmo te pedir uma dica de salão, ou manicuri brasileira. alguma? beijo e obrigada.

Deixe o seu comentário

Glenda Dimuro