bookmark bookmark  
Glenda DiMuro On October - 24 - 2011

Muita gente decide morar na Espanha sem saber nada da língua espanhola. Sempre digo que embora as semelhanças com o português sejam evidentes, por aqui o tal do «portunhol», em muitos casos, não adianta muito. Nós, brasileiros, temos mais facilidade para entender os espanhóis que vice versa.

Como nem sempre a grana de quem chega é suficiente para pagar aulas de idiomas, volta e meia recebo e-mails perguntando se por aqui existem cursos gratuitos de Espanhol.

Pois bem, em Sevilla existe uma ONG chamada Sevilla Acoge, que como o próprio nome diz, acolhe os imigrantes que chegam à cidade. Entre os diversos projetos de cooperação internacional, ajuda humanitária e integração cultural que a organização presta aos imigrantes, existe um que é de aulas de espanhol para adultos. Há bastante tempo atrás uma amiga fez algumas aulas e, embora seja um pouco complicado para algumas pessoas do mundo árabe ou oriental aprender o espanhol, ela garante que serviu para dar um empurrãozinho inicial no idioma. Se você está sem dinheiro no bolso e não sabe nadica de nada de espanhol, pode ser uma boa opção para começar. As aulas iniciam normalmente em setembro, mas melhor mesmo é entrar em contato com a organização e descobrir quando abrem novas turmas.

Mas também existe outra opção que eu considero bastante em conta, que é no Centro de Idiomas da Universidad de Sevilla. Infelizmente, não são cursos gratuitos, mas relativamente baratos quando comparados aos oferecidos pelas Escolas de Idiomas particulares. O sistema de ensino é semestral, com matrículas em setembro e fevereiro. O lado bom é que estudantes da Universidad de Sevilla tem um desconto de 50%. E além de espanhol, o Centro de Idiomas também oferece aulas de francês, inglês, italiano e até mesmo de grego e árabe!

Ficam aqui as dicas, lembrando que o curso de espanhol no Centro de Idiomas por mais de seis meses pode dar direito ao visto de estudante, sempre e quando o Consulado da Espanha no Brasil estiver de acordo (as leis de obtenção de vistos mudam a toda hora), a matricula do curso já esteja paga e você tenha uma carta de admissão.

Categories: Espanha, sevilla

4 comentários

  1. Acredita que eu aprendi espanhol sozinho (ou seja, sem fazer curso nenhum)? Foi apenas lendo revistas, dicionários e fascículos dum curso de idiomas que estava disponível na Biblioteca Municipal de Sorocaba, assistindo televisão a cabo e pesquisando na Internet.

  2. Inaie says:

    Eu so falo Portunhol, e por aqui, esta cheio de gente da Espanha e da America Latina. Como eu os entendo direitinho, eles ficam bravos COMIGO por nao me entender.

    Pelo jeito eles acham que o Portugues deles e melhor que o meu Portunhol. Como vou explicar que a gente simplesmente entende Espanhol, mesmo que nao saiba falar??

  3. Heraldo says:

    Fiz 1 semestre de Jornalismo na Universidad de Sevilla e ganhei automaticamente um curso no Centro de Idiomas já que eu era considerado quase um Erasmus e os estudantes Erasmus também ganham cursos lá.
    O material é muito bom só que o problema é que não é muito organizado já que a classe é muito grande e com muita gente de todos os países. Eu tinha aula com polonesas e rusas que não falavam bem a língua e nós brasileiros entendíamos tudo.
    Ah, inclusive tem aula de português lá também. Fui convidado para participar de uma aula. Foi incrível pois eu nunca tinha tido essa experiência de ver estrangeiros aprendendo português! Foi uma das melhores experiências do meu semestre espanhol!

  4. Grace Mansur Wendling says:

    Prezados, boa tarde!
    “ACHEI DE GRANDE VALIA SUAS DICAS”

    Tenho maior interesse em fazer um curso de espanhol em Sevilla.
    Sou formada dm Administração de Empresas aqui no Brasil

    Por gentileza se tiver alguma outra sugestão/caminho em que possa me ajudar
    Atenciosamente,
    Grace

Deixe o seu comentário

Glenda Dimuro