bookmark bookmark  
Glenda DiMuro On December - 2 - 2011

Muita gente me escreve perguntando como fazer um curso de graduação na Espanha. Pode ser um pouco complicado para quem está no Brasil entender se por aqui existe alguma espécie de vestibular, ENEN ou coisa parecida, ou seja, descobrir o que fazer para ter acesso ao ensino superior espanhol.

Basicamente, existem 3 maneiras de estudar uma graduação no exterior: fazendo intercâmbio, começando desde o principio ou pedindo uma transferência.

Intercâmbio é quando você está matriculado em uma universidade brasileira e decide passar uma temporada fora, cursando algumas matérias em uma universidade estrangeira. Normalmente depende de acordos entre ambas as universidades, principalmente na hora de convalidar as disciplinas feitas no exterior.

Mas é cada vez maior o número de brasileiros que pensam em começar uma graduação no exterior e, neste caso, decidi dar uma mãozinha para quem quer mais informações sobre o assunto.

Como sempre, a questão pode ser um pouco complicada, então vamos por partes.

Recentemente o Ministério da Educação espanhol publicou mudanças na lei de acesso de estrangeiros às universidades. Antes, aquelas pessoas interessadas em cursar uma graduação na Espanha estavam obrigadas a fazer uma prova, conhecida como “selectividad”, promovida pela UNED (Universidad Nacional de Educación a Distancia).

Segundo a nova lei, para os Estados membros da União Europeia ou países que tenham assinados acordos internacionais de reconhecimentos de títulos a nível de reciprocidade com a Espanha,desaparece a necessidade se superação desta prova única e se estabelece como requisito básico a posse do diploma acadêmico que dá acesso à universidade. A diferença é que a responsabilidade vai recair sobre cada universidade, que determinará, segundo distintos critérios de avaliação fixados pelo governo espanhol, o seu processo próprio de admissão dos estudantes. Ou seja, primeiro a pessoa interessada solicita uma vaga, depois, segundo cada universidade, será submetida a alguma prova, avaliação ou entrevista para que os seus méritos sejam avaliados, inclusive podem ser solicitadas provas específicas para os cursos mais concorridos (no caso de estrangeiros, a universidade pode solicitar provas de idiomas, por exemplo).

Infelizmente, o Brasil não tem nenhum acordo de reciprocidade de reconhecimento de títulos com a Espanha. Então o primeiro passo para quem pretende começar uma graduação em uma universidade espanhola é que seu diploma brasileiro seja reconhecido como válido.

Isso quer dizer que antes de qualquer coisa é preciso dar entrada no pedido de convalidação do seu diploma de ensino médio ao diploma espanhol de “bachillerato” ou do seu ensino médio profissionalizante ao título espanhol equivalente.

E como se faz isso? Esse processo é feito junto ao Ministério de Educação espanhol, mas se você vive no Brasil pode pedir no Consulado Espanhol mais próximo da sua cidade, pelo correio ou até mesmo pela internet (os documentos originais são apresentados quando o processo é aprovado). Mais informações aqui.

Ao mesmo tempo você pode solicitar uma vaga em qualquer universidade pública ou privada, dentro dos prazos estabelecidos, seguir as instruções de cada universidade sobre o processo de seleção e depois, se for o caso, proceder com a matrícula. O lado bom é que as universidades poderão aceitar o seu pedido de matrícula mesmo antes da homologação definitiva do seu diploma, desde que seja apresentado o comprovante de que o processo já está em andamento. As universidades espanholas são obrigadas a dedicar de 1 a 3% de suas vagas a estudantes estrangeiros, mas essa porcentagem também é livre e depende de cada universidade ou curso.

Mas e quem está decidido a largar a universidade no Brasil e continuar seus estudos na Espanha? Neste caso, o processo de convalidação pode ser outro. Depois de escolher uma universidade, você pode solicitar uma convalidação parcial dos estudos realizados até então, lembrando que os prazos e as documentações exigidas também são estabelecidos por cada universidade. Vale a pena dizer que você deve ter cursado ao menos 30 créditos na universidade de origem (ou 5 disciplinas, dependendo da carga horária). Quem tem a última palavra sobre a homologação do seu anterior expediente acadêmico (ou seja, quem avalia se as disciplinas cursadas no Brasil são válidas ou não) é o reitor de cada universidade, seguindo critérios do Conselho do Governo.

Se você tem mais de 25 anos e não tem ensino médio, saiba que a Espanha tem provas específicas para maiores de 25 anos entrarem na universidade, bem como para maiores de 40 anos (neste último caso em alguns cursos específicos mediante comprovação de currículo profissional e entrevista).

Enfim, na prática a mudança na lei transfere as responsabilidades para cada Universidade e acaba com a prova única, que antes também era aplicada aos estrangeiros. Uma das intenções é facilitar o intercâmbio e atrair estudantes de outras nacionalidades, principalmente pelo fato de que estes pagam até quatro vezes mais que um espanhol pelo mesmo estudo (já que não têm direito às ajudas do governo).

Aconselho a todas as pessoas interessadas em fazer uma graduação na Espanha que leia o Boletin Oficial del Estado, que explica todas as normativas.

Categories: Espanha

42 comentários

  1. Larissa says:

    Oi, adorei essa publicaçao e me ajudou a esclarecer algumas duvidas, uma pergunta eu gostaria de cursar medicina porem no Brasil, as universidades privadas custam em media R$2000.00 ao mes e as publicas sao muito concorridas, entao estava pensando de partir para o exterior, pensei em varios paises mais tenho medo de nao ter meu certificado reconhecido, que vc acha sobre esse assunto??? obrigada 🙂

  2. Teixeira says:

    Olá, Glenda!
    Muito legal seu post.

    Queria saber em relação ao custo de vida para um estudante de intercambio na Espanha: transporte, alimentação, moradia…

    Se puder responder, agradeço
    (:

  3. Olá Glenda.
    Descobri seu blog hoje. Achei fantástico!
    Gostei muito desse post sobre estudar por aí!
    Tenho um amigo que viveu 18 anos na Espanha e agora está de volta ao Brasil. Ele foi cozinheiro por aí. Veja o blog dele http://cocarcafe.wordpress.com/
    Fiz um post em meu blog e tomei a liberdade de indicar o Coisa Parecida na minha lista de preferidos.
    Um abraço.
    Augusto

  4. Romulo Orlandini says:

    Olá, descobri o seu site meio que sem querer (e não foi pelo post famoso) e adorei. Vivi em Sevilha, em Triana, onde estudei por um tempo. Foi ótimo reencontrar a cidade pelos teus posts, reviver um pouco do “ar” da cidade. Vou prosseguir lendo!

  5. Paulo Afonso says:

    Sou angolano e Desejo saber o que é necessario para engressar numa das faculdades privadas de medicina em espanha.
    desejo frequentar o curso no proximo ano.

    pafonso

    • Glenda DiMuro says:

      Paulo, tá tudo explicado no texto! As universidades privadas algumas vezes apresentam facilidades na hora da matricula, ou seja, não é preciso realizar o PAU. Depende da universidade… Boa sorte!

  6. Natalia Santos says:

    Meu sonho é ir fazer a faculdade ai ..
    mais sou muito nova , termino o 3º grau esse ano , me formo em professora , sou apaixonada pela língua espanhola .. Gostei muito do blog . Parabéns , tudo bem explicadinho )

  7. Marcio says:

    Olá, sou formado em Psicologia e gostaria de fazer outra graduação em Barcelona, há algum processo para pessoas já graduadas?

  8. Tiago says:

    Hola… Gostaria de saber mais sobre a P.A.U, pretendo fazer para Medicina na Universidad Cumplutense de Madrid ou na Autonoma de Madrid, tipo não entendi muito em relação as provas.
    Tipo, escolho uma lingua e mais 4 disciplinas especificas?
    EX: Inglês (lingua) e biologia, fisica, matematica e química, apenas isso?
    Ah, gostaria de saber também se você tem algumas dessas provas em pdf de anos anteriores.
    Obrigado…

  9. Vilmar cunha says:

    Em caso de ter concluido ensino médio em escola pública, brasileira como se procede para me engressar em uma faculdade Espanhola.

  10. Matheus says:

    Olá, gostaria de saber se esse processo (convalidação do diploma do Ensino Médio, realização do PAU etc) é, em regra, muito burocrático. Tentei obter mais informações pelos sites que indicou, no entanto eles não são mais válidos.

    • Glenda DiMuro says:

      É impressionante como o site do Ministerio de Educación vive mudando os links. Não sei quantas vezes já voltei a atualizar esta informação. Obrigada por avisar que os links estavam desatualizados. Pode conferir de novo que a informação já está disponível. Boa sorte.

  11. Olá, gostaria de saber se dar para transferir o curso que está em andamento,para a universidade publica na Espanha?

    Obrigada.

    • Glenda DiMuro says:

      Até dá, mas acho que yem que entrar com processo de homologação das disciplinas cursadas e não sei se isso é muito fácil/rápido.

  12. Renê says:

    Gostaria de informações sobre visto, como eu conseguiria essa liberação para morar lá, se o governo brasileiro da algum auxilio para quem vai para lá, onde faço meu visto, porque sei que não posso ir para lá por ir, apenas a minha matricula em uma faculdade de lá seria suficiente para morar lá?

  13. eugenio rodrigues says:

    glenda teria como você passar o seu e mail para tirar algumas duvidas por gentileza muito obrigado

  14. rodrigo simao says:

    oi gostaria de saber quais universidades particulares tem medicina na espanha, e como faço para ingressar.
    se puder me ajudar
    obrigado

  15. elsa de matos says:

    Ola, Glenda! gostaria de saber em quanto varia a propina anual, para quem quer fazer o curso de medicina, em uma universidade privada. isto, tendo onde se hospedar.

    Tenho o 3ºano de medicina feito, mas gostaria de continuar a faze-lo em Espanha. ha alguma equivalencia para as cadeiras que ja fiz?

  16. Manuela says:

    Olá bom dia!

    Eu sou Angolana e no próximo ano estou pra ir estudar em Madrid, mas ñ sei como me orientar posto lá, visto que a bolsa ganhei dos meus pais.

    A minha questão é a seguinte:
    Que faculdade em Madrid posso encontrar o curso de relações internationais e qual o custo do mesmo curso em faculdades privadas e quantos anos de formação superior?

    Serei grata se responder. Obrigada!

  17. Luciana says:

    Sou brasileira com nacionalidade Espanhola . Estou cursando 2 periodo de biología e quería transferir meu curso para espanha . Gostaria de saber o que tenho que iniciar primeiro o consulado espanhol esta em Brasilia . Onde eu tenho que ir o que tenho k fazer?

    • Glenda DiMuro says:

      EU se fosse vc entraria em contato com a universidade espanhola para onde vc quer pedir a tranfêrencia e perguntaria que documentos ela exige. Como o processo define cada universidade, pode exigir uma documentação ou outra. Para “adiantar o serviço” traduziria toda a documentação (expediente acadêmico) por tradutor ai no Brasil mesmo e seu diploma de ensino medio por tradutor juramentado na Espanha, que parece ser que estão exigindo isso para dar emprego aos espanhóis (só pode). O processo (parecido) de legalização de documentos vc encontra aqui: http://www.coisaparecida.com/2010/11/como-homologar-meu-diploma-brasileiro-na-espanha/
      Boa sorte

  18. Iara says:

    Olá Glenda, gostaria de saber mais informações sobre o tópico “Mas e quem está decidido a largar a universidade no Brasil e continuar seus estudos na Espanha?”, pois sou estudante de Direito aqui no Brasil e quero terminar na Espanha. Obrigada!

  19. Jessica says:

    olá,

    o meu sonho é cursar medicina na Espanha, mas quero começar lá 🙂 , o que devo fazer? quais são os passos que devo seguir?

    me contate por e-mail qualquer coisa 🙂

    Obrigada
    Jessica Bampi

  20. Camila orge says:

    Gostaria de saber se a faculdade de medicina na Espanha possuí validade no Brasil, digo, você pode trabalhar normalmente aqui…

  21. Mirian says:

    Ola, sou caboverdiana e este ano vou estudar o 12•, queria muito estudar medicina na Espanha, por isso gostaria de saber o que eu tenho de fazer para me candidatar e gostaria de saber quais as deficuldades eu teria, desde ja obrigada, por favor me ajuda, ou me endique algum site responsável por essa informação, obrigada

  22. whitney farias says:

    Ola, gostaria de uma informaçao amigo se possivel. Se posso transferir meu curso de medicina da bolivia para a espanha. Se vc poder me ajudar com essas informaçoes fico muito agradecido. Abraços

  23. Laiza Melo says:

    Oi tudo bem? então no meu caso é diferente..eu estudei lá em volta de 6 anos conclui até o 8 ano.. conhecido lá como ” Primero de la eso”, eu voltei para o brasil e vou voltar a morar lá ano que vem.. a mãe da minha amiga que trabalha em faculdade de lá falou que eu precisarei fazer uma prova ” especial “, mas o q me leva a perguntar.. é por mais que eu já tenha estudado lá por um bom tempo, eu posso fazer a “selectividad” ou só a prova “especial” mesmo? e gostaria de saber se vc sabe os temas dos quais irei fazer a prova. Quero arquitetura, já sei a média mas la vc só pode escolher a sua profissal dependendo da nota que tirar..

  24. Marcelo says:

    Você sabe informar se para entrar para uma faculdade na Espanha seria um problema ter certificado o ensino médio através do ENEM?

  25. Amanda says:

    Ola!

    Eu terminei o ensino médio e gostaria de cursar turismo na Espanha. Mas tenho uma dúvida:
    Sou brasileira, mas tenho a cidadania italiana.
    Como funciona o ingresso em faculdades com pessoas de dupla nacionalidade?
    Eu teria direito a alguma “beca” por ser cidadã européia?

    Gratidão ☮

    • Claudia says:

      Oi tenho um filho que mora em Santa Cruz de lá sierra Bolívia está cursando o 4 período de medicina ,gostaria de saber se alguma universidade na Espanha aceita transferência .Aguardo resposta

  26. Juliana says:

    Eu tenho dupla nacionalidade, fica mais facil estudar la.. Mas n sei ao certo. pode me ajudar? quando comeca o ano letivo? quand acaba o semestre? em q mes mais ou menos as admissões sao feitas? e como sao feitas? ficarei mto agradecida se me responder..

  27. Vinda Teca says:

    termenei o 1ª semestre de graduação em Engenharia Quinica em Angola, e pretendo continuar os estudos n Espanha, sera que precisso fazer exame para ingressar? no meu curso completei 420 horas com 28 credidtos, é posiivel entrar na universidade sem fazer exame de admissão?

  28. Vinda Teca says:

    Oi ? termenei o 1ª semestre de graduação em Engenharia Quinica em Angola, e pretendo continuar os estudos n Espanha, sera que precisso fazer exame para ingressar? no meu curso completei 420 horas com 28 credidtos, é posiivel entrar na universidade sem fazer exame de admissão?

  29. ola sou gualdimira jacira rosa pinto de pina filha de guldiberto antonio rosa pinto e de maria paula tavares de pina de nacionalidade caboverdiano com decimo segundo ano de escolaridade completo com media de 16,88 de area ct ciencias tecnologica gostaria muito de vos imformar que eu queria muito de cursar medicina em espanha em qualquer univercidade publica ou privada era isso meu sonho mas nao sei onde poder recorer por isso que eu envio esta mensagem peço-lhe uma boa compriençao bjs.

  30. Jessica says:

    to terminando faculdade de enfermagem esse ano. Pretendo ir para Espanha fazer especialização qual a melhor maneira de para Espanha para estudar e trabalhar na minha área.

  31. Thiago says:

    Olá, tenho o título de bachiller homologado pelo MEC da espanha. Estou cursando engenharia civil no Brasil. Como faço para entrar no ensino superior espanhol. Somente com o título de bachiller? Cheguei a fazer curso tecnico superior de instalações eletrotecnicas mas não terminei por motivo da crise econômica europeia já que fiquei desempregado e não conseguia trabalho… já que a uned acabou, com meu título de bachiller homologado eu consigo ingressar numa faculdade pública na espanha?

  32. Cristiane Peres says:

    Hola, Glenda
    Que tal?
    A mi me encanta a España. Nosotos tenemos amigos que viven en Sevilha e somos hijos de espanoles.
    Em bom português, moramos em SP e meus filhos tem nacionalidade espanhola. Eles estão iniciando o ensino médio (são gêmeos de 14 anos). Já conhecemos Madri, Barcelona, Sevilha, o sul da Espanha e outros países da Europa, mas pensamos em morar em Sevilha (que é uma cidade encantadora) a partir de 2018. Você tem informações em como ingressar na universidade tendo cidadania espanhola? Há algo que possamos adiantar desde o 1º ano do ensino Médio? Se puder nos ajudar, ficaremos muito gratos. Muchas gracias

Leave a Reply to célia Fernandes

Glenda Dimuro