bookmark bookmark  
Glenda DiMuro On October - 22 - 2012

Já imaginou poder ir ao seu museu favorito à uma da madrugada? E ainda por cima grátis? Pois é, aqui por estes lados isso é possível em muitas cidades, pelo menos uma vez ao ano!

A iniciativa nasceu em Berlin, lá pelo ano de 1997, e se chamava «Der Lange Nacht» (A Noite Longa). O objetivo era oferecer uma programação cultural diferente à cidadania, abrindo os espaços de exposições da cidade de uma forma pouco habitual, ou seja, pela noite e entrando madrugada adentro. Em 2002, em Paris surge a «Nuit Blanche» (Noite Branca), que incorporava artes cênicas à programação noturna.

Pouco a pouco várias cidades europeias foram copiando a brilhante ideia. Em 2007 Sevilla começou a celebrar um evento parecido, chamado «Noche Larga de los Museos», onde todos os museos da cidade ficavam abertos até as duas na matina. Por falta de financiamento público, durou apenas três edições.

Este ano, através da iniciativa cidadã da Asociação «Sevilla se Mueve» e do blog Cultura de Sevilla e do apoio de outras diversas associações culturais, acontecerá no próximo dia 26 de outubro a «Noche en Blanco de Sevilla». A programação é extensa e inclui além de exposições e espetáculos de teatro e dança, também trilhas organizadas por monumentos históricos e bairros da cidade.

Estou aqui escolhendo o que fazer. Uma coisa já decidi: que quero fazer a rota pelo Patrimônio Industrial da Avenida Miraflores (coisa de arquiteta, eu sei). Durante o século XIX e principio do século XX esta região concentrava a grande maioria das fábricas de Sevilla, algumas que seguem em pé até hoje e tem muita história para contar.

Enfim, uma noite bem diferente! Se está em Sevilla não deixe de conferir a programação aqui. Depois volto para contar como foi,

Categories: sevilla

11 comentários

  1. Rafael Lopes says:

    Adoro seu Blog… bjs ^^

  2. Isadora says:

    Oi Glenda,

    Fiz meu trabalho do Máster sobre Store y Calonge, zona industrial próximo de Miraflores e tive oportunidade de caminhar muito pela região. Foi muito bom conhecer a outra Sevilla.
    beijos e boa sorte.
    Isadora

    • Glenda DiMuro says:

      Eu conheço bem a região só de caminhar e de estudar um pouco sobre a evolução de Sevilla, mas queria ouvir mais sobre a história desse patrimônio. Pela que foi cancelado por causa da chuva! Mas prometeram fazer outro dia. Espero!

  3. Carla says:

    aqui tbm acontece a Notte Bianca! Varias cidades, cada uma no seu dia especial, com bares, museus, tudo aberto para quem quiser curtir.. Muito legal! Ah presenteei seu blog e o Brasil com Z com um selinho, é um jeito de divulgar tbm. Passe la no blog se quiser pega-lo. bju

  4. Gabriela says:

    Aqui em Toronto se chama Nuit Blanche e vamos todos os anos… vale muito a pena e é um evento super diferente e especial. Super recomendo tb! 🙂

  5. mirelle says:

    aqui em Lyon não tem. 🙁

    O mais proximo disso, que tem na França toda, é a Nuit des musées, que é quando os museus ficam de portas abertas até meia noite. E olha que safadinho o Google francês, ele diz que a Nuit Blanche começou em Paris.

    aproveite sua noite e nos conte tudo depois!

    beijo

    • Glenda DiMuro says:

      Pois é, quem sabe a tal da noite longa foi em Berlim e a noite branca foi em Paris! No fundo é tudo a mesma coisa, espaços abertos pela noite! Meu passeio foi cancelado por conta da chuva 🙁 Mas já arrumei outra programação!

      • Cuca says:

        Estava em Paris na deste ano. Também choveu. Acabei caminha na margem do Sena, por debaixo das pontes, conferindo a festa que jovens aprontanvam por ali. 🙂

Deixe o seu comentário

Glenda Dimuro