bookmark bookmark  
“Seria mais fácil fazer como todo mundo faz. O caminho mais curto, produto que rende mais.
Seria mais fácil fazer como todo mundo faz. Um tiro certeiro, modelo que vende mais.
Mas nós vibramos em outra frequência, sabemos que não é bem assim.
Se fosse fácil achar o caminho das pedras, tantas pedras no caminho não seria ruim…”
(H. Gessinger)

 

Olá!

Se você chegou até aqui é porque quer saber um pouco mais sobre esta pessoa que lhes escreve.

Pois bem, meu nome é Glenda, brasileira, de um lado do país nem tão tropical. Sou do extremo sul, uma gaúcha que toma chimarrão com pipoca. Nasci e vivi 25 dos meus 35 anos em Satolep, a cidade da umidade 98%.

Meus diplomas dizem que sou arquiteta, urbanista, designer e mestre em alguma coisa relacionada com a sustentabilidade nas cidades (ou qualquer coisa parecida). Mas acho que sou muito mais que isso. Sou família, sou amigos, sou amores, sou os lugares onde nasci, vivi e conheci. Sou os livros que li, as músicas que cantei, os filmes que chorei. Gosto das coisas simples da vida, como comer bergamota no sol e uma boa massagem nos pés. Tenho bom humor na maior parte do dia (e até dizem que sou engraçada), mas no restante do tempo sou irritável e irritante.

Acredito que um mundo melhor é possível e que com boa vontade coletiva podemos mudar muita coisa.  Adoro animais e juro que todos os dias tento virar vegetariana, mas por enquanto, o estômago fala mais alto que a consciência. Falando nela, procuro fazer a minha parte para contribuir com o meio ambiente. Sou uma ex-consumista compulsiva (que às vezes, confesso, tem suas recaídas) e que tenta praticar o consumo responsável. Odeio sacolas de plástico, cigarro, quem fala pelos cotovelos e quem não gosta de vento porque estraga o cabelo. Ah, e sou feminista assumida.

Meu sonho é encontrar o tal caminho do meio… enquanto isso, vou caminhando, sem pausa e sem pressa, pelos caminhos doidos da vida.

O Coisa Parecida nasceu em 2006, quando cheguei à Espanha. No início era uma fonte de comunicação com amigos e família, mas pouco a pouco foi se tornando muito mais que isso. Aqui você encontra de tudo um pouco, desde papos sérios, dicas de viagem e cultura até as besteiras que os blogueiros constumam escrever.

Há quase dez anos vivo em Sevilha, uma cidade linda que está no sul da Espanha. Cheirosa na primavera e quente no verão. Que Barcelona que nada, a verdadeira Espanha está aqui!

Então é isso… espero que você aproveite a leitura.

Glenda Dimuro