bookmark bookmark  
POSTADO POR Glenda DiMuro 11 COMMENTS

Agosto é o mês do desgosto. Nunca esse dito popular teve tanto sentido na minha vida. Não há quem consiga ser feliz com o calor infernal que assola Sevilha nos meses de verão. Principalmente em agosto, os 30 dias mais insuportáveis para quem vive nessa cidade. Dá vontade de se enforcar em pé de couve. Tenho certeza que todos os mortais que como eu vivem num apartamento sem terraço, num condomínio sem piscina, sem nenhum amigo com uma maravilhosa casa […]

Categoria: sevilla
POSTADO POR Glenda DiMuro 3 COMMENTS

Na madrugada de quinta-feira a temperatura mínima não baixou dos 26,6 graus, ou seja, a mínima mais alta registrada em Sevilla nos últimos 30 anos. Afeee! Não há quem consiga ter uma boa noite de sono assim. Os espertos dizem que para dormir-se bem, a temperatura ambiente deve estar em torno dos 20 graus. Como eu não gosto de dormir com ar condicionado ligado (e também não estou podendo arcar com as despesas de uma conta de luz que, seguramente, […]

Categoria: sevilla
POSTADO POR Glenda DiMuro 5 COMMENTS

Uma tal de massa de ar africana chegou na Península Ibérica. Dizem que amanhã a temperatura ultrapassará os 40 graus fácil, fácil. Dizem também que o calor não será comparado ao dos verões de 1994 e 1995, ou ainda com o de 2003, quando um monte de gente partiu dessa para uma melhor. Não se comparando com o de 1880, quando em Sevilla marcava 50 graus, por mim tudo bem! (Gilca, Ane, eu, nos refrescando na Plaza de España) Recomendaciones […]

Categoria: Espanha
POSTADO POR Glenda DiMuro ADD COMMENTS

Parece que o verão chegou para ficar em Sevilla. Ai, ai, que saudade dos 30 graus!!! Hoje, ás 11 horas da manhã, os termômetros já marcavam 42. E dizem que o final de semana promete mais! É gente brigando pelas sombras nas calçadas…ninguém quer colocar a cabeça no sol! Seja o que Deus quiser. Só me resta me hidratar, evitar sair nos horários críticos e sonhar com um dia na praia. Ano passado pelo menos eu tinha a piscina do […]

Categoria: Cotidiano
Glenda Dimuro